Dr. Fayez Bahamad Jr

Atendimento:

(61) 3328-6009

Reabilitação Pós Implante Coclear

 

 

Instituto Brasiliense de Otorrinolaringologia

SERVIÇOS OFERECIDOS

REABILITAÇÃO PÓS IMPLANTE COCLEAR

 

 


O Implante Coclear é visto como a única opção aos portadores de deficiência auditiva neurossensorial profunda, para os quais o ganho do AASI não é suficiente para compreensão dos sons da fala, ou mesmo que escutando alguns sons, essa sensação não é suficiente para o uso social ou profissional.

 

O funcionamento do implante coclear é diferente do Aparelho de Amplificação Sonora Individual (AASI).

 

O AASI amplifica o som e o implante coclear fornece impulsos elétricos para estimulação das fibras neurais remanescentes em diferentes regiões da cóclea, possibilitando ao usuário a capacidade de perceber o som.

 

O implante coclear é um dispositivo eletrônico de alta tecnologia, também conhecido como ouvido biônico, que permite a transmissão do sinal elétrico ao nervo auditivo, com o objetivo de ser decodificado pelo córtex cerebral e proporcionar aos seus usuários sensação auditiva próxima ao fisiológico.

 

O sistema completo do IC é composto por uma parte externa e outra interna. A parte externa é constituída por um microfone um microprocessador de fala e um transmissor. A parte interna possui um receptor e estimulador, um eletrodo de referência e um conjunto de eletrodos que são inseridos dentro da cóclea. Esse dispositivo eletrônico tem por objetivo estimular, através desses eletrodos implantados dentro da cóclea, o nervo auditivo que, por sua vez leva os sinais para o encéfalo onde serão decodificados e interpretados como sons.

 

O propósito da estimulação elétrica do nervo auditivo é substituir a estimulação que deveria ser feita pelas células ciliadas internas, mas que não ocorre devido ao mau funcionamento ou a inexistência dessas células.

 

 

(Re)Habilitação

 

A habilitação ou reabilitação auditiva, em usuários de Implante Coclear (IC), têm como principais objetivos o treinamento auditivo para que possam ocorrer, com o máximo resultado satisfatório, o desenvolvimento da linguagem oral e das habilidades auditivas, para assim, possibilitar uma comunicação efetiva e um adequado desenvolvimento global do individuo.

 

Para que se possa alcançar o objetivo proposto, são utilizadas abordagens terapêuticas específicas de acordo com a época de aquisição da deficiência auditiva e a idade do paciente, para assim, maximizar o desempenho das habilidades auditavas com o IC.

 

A terapia fonoaudiológica deve ser, preferencialmente, realizada em sessões individuais, com freqüência de duas a três sessões por semana.

O planejamento terapêutico é realizado de acordo com as necessidades do indivíduo em questão, ou seja, uma conduta nunca é igual a outra.

 

É necessário ressaltar que o sucesso de um tratamento desse porte não pode ser atribuído a apenas um profissional.

 

Toda uma equipe está envolvida nesse trabalho constante, desde a avaliação audiológica, terapia fonoaudiológica e a cirurgia para o IC. Estes profissionais são: Otorrinolaringologistas, Fonoaudiólogos, Psicólogos e Assistentes Sociais.

 

Por isso a reabilitação fonoterápica pós implante coclear é crucial para o bom desenvovimento da criança ou adulto usuário de implante coclear.

 

 

 

 

Instituto Brasileiro de Otorrinolaringologia

Todos os direitos reservados 2012 © Instituto Brasiliense de Otorrinolaringologia
SMHN Quadra 02 Bloco C Edifício Dr. Crispim Salas 515 a 517, ASA NORTE, Brasília, DF, Brasil. CEP 70710-149

GN1