Dr. Fayez Bahamad Jr

Atendimento:

(61) 3328-6009

Orientações Pré & Pós Operatórias

 

 

Total: 13. Listados de 1 a 13.

 

 

Adenoamigdalectomia com Miringotomia (Colocação de Microtubo)

ORIENTAÇÕES PRÉ-OPERATÓRIAS ADENOAMIGDALECTOMIA COM MIRINGOTOMIA (COLOCAÇÃO DE MICROTUBO):

Favor avisar ao médico assistente caso haja alguma suspeita de que o paciente esteja gripado, neste caso iremos marcar uma nova data para a operação.

Lembrar que o uso de Anti-inflamatórios e Analgésicos estão proibidos nos 10 dias que antecedem a operação.
Principalmente: ASPIRINA, AAS

Respeitar as 08 horas de jejum absoluto antes da operação. Por exemplo se a operaçnao está marcada para 16h00, favor se alimentar até as 08h00.

 

ORIENTAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS ADENOAMIGDALECTOMIA COM MIRINGOTOMIA (COLOCAÇÃO DE MICROTUBO):

Essa é uma cirurgia feita através da boca, onde se removem as tonsilas palatinas (antigamente chamadas amígdalas) e adenóide, além de fazer através do conduto auditivo externo uma pequena incisão na membrana timpânica para se aspirar secreção retida dentro do ouvido que esteja dificultando a audição do paciente, podendo haver a necessidade de deixar um dreno (conhecido como microtubo) para se evitar novo acúmulo de secreção.

O microtubo cai por conta própria geralmente após 6 a 8 meses da cirurgia.

Devem-se observar os seguintes cuidados:

  • Dieta líqüida e fria por 4 dias, pastosa e fria após.
  • Repouso em casa.
  • É comum ocorrer dor no ouvido.
  • Pode formar placas amarelas com cheiro forte no local da cirurgia.
  • Febre baixa e isolada é comum no pós-operatório, se alta ou persistente, comunicar ao seu médico.
  • O tom de voz pode mudar por deixar de ser anasalada.
  • Pode ocorrer ronco ainda nos primeiros dias.
  • A dor dificulta a alimentação, passará com os dias.
  • Não molhar os ouvidos, deve-se usar algodão levemente embebido em óleo para proteger os ouvidos durante os banhos e enquanto não cair os microtubos não se pode entrar em piscina, mar, rio ou equivalente.
  • Ligar para marcar retorno com seu médico.
  • Em caso de necessidade entre em contato por telefone com seu médico.

 

Adenoamigdalectomia

ORIENTAÇÕES PRÉ-OPERATÓRIAS ADENOAMIGDALECTOMIA:

Favor avisar ao médico assistente caso haja alguma suspeita de que o paciente esteja gripado, neste caso iremos marcar uma nova data para a operação.

Lembrar que o uso de Anti-inflamatórios e Analgésicos estão proibidos nos 10 dias que antecedem a operação.
Principalmente: ASPIRINA, AAS

Respeitar as 08 horas de jejum absoluto antes da operação. Por exemplo se a operaçnao está marcada para 16h00, favor se alimentar até as 08h00.

 

ORIENTAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS ADENOAMIGDALECTOMIA:

Essa é uma cirurgia feita através da boca, onde se removem as tonsilas palatinas (antigamente chamadas amígdalas) e adenóide. Há um folclore em se dizer que se perderiam as defesas do organismo e as infecções ocorreriam em regiões mais baixas das vias respiratórias. Nada disso é verdade.

Devem-se observar os seguintes cuidados:

  • Dieta líquida e fria por 4 dias, pastosa e fria após.
  • Repouso em casa.
  • É comum ocorrer dor no ouvido.
  • Pode formar placas amarelas com cheiro forte no local da cirurgia.
  • Febre baixa e isolada é comum no pós-operatório, se alta ou persistente, comunicar ao seu médico.
  • O tom de voz pode mudar por deixar de ser anasalada.
  • Pode ocorrer ronco ainda nos primeiros dias.
  • A dor dificulta a alimentação, passará com os dias.
  • Ligar para marcar retorno com seu médico.
  • Em caso de necessidade entre em contato por telefone com seu médico.

 

Adenoidectomia com Miringotomia (Colocação de Microtubo)

ORIENTAÇÕES PRÉ-OPERATÓRIAS ADENOIDECTOMIA COM MIRINGOTOMIA (COLOCAÇÃO DE MICROTUBO):

Favor avisar ao médico assistente caso haja alguma suspeita de que o paciente esteja gripado, neste caso iremos marcar uma nova data para a operação.

Lembrar que o uso de Anti-inflamatórios e Analgésicos estão proibidos nos 10 dias que antecedem a operação.
Principalmente: ASPIRINA, AAS

Respeitar as 08 horas de jejum absoluto antes da operação. Por exemplo se a operaçnao está marcada para 16h00, favor se alimentar até as 08h00.

 

ORIENTAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS ADENOIDECTOMIA COM MIRINGOTOMIA (COLOCAÇÃO DE MICROTUBO):

Essa é uma cirurgia feita através da boca, onde se remove a adenóide, além de fazer, através do conduto auditivo externo, uma pequena incisão na membrana timpânica para se aspirar secreção retida dentro do ouvido que esteja dificultando a audição do paciente, podendo haver a necessidade de se deixar um dreno (conhecido como microtubo) para se evitar novo acúmulo de secreção.

O microtubo cai por conta própria geralmente após 6 a 8 meses da cirurgia.

Devem-se observar os seguintes cuidados:

  • Dieta livre como a de rotina, sem excesso de calor.
  • Repouso em casa.
  • É comum ocorrer dor no ouvido.
  • Febre baixa e isolada é comum no pós-operatório, se alta ou persistente, comunicar ao seu médico.
  • O tom de voz pode mudar por deixar de ser anasalada.
  • Pode ocorrer ronco ainda nos primeiros dias.
  • Não molhar os ouvidos, deve-se usar algodão levemente embebido em óleo para proteger os ouvidos durante os banhos e enquanto não cair os microtubos não se pode entrar em piscina, mar, rio ou equivalente.
  • Ligar para marcar retorno com seu médico.

Em caso de necessidade entre em contato por telefone com seu médico.

 

Adenoidectomia

ORIENTAÇÕES PRÉ-OPERATÓRIAS ADENOIDECTOMIA:

Favor avisar ao médico assistente caso haja alguma suspeita de que o paciente esteja gripado, neste caso iremos marcar uma nova data para a operação.

Lembrar que o uso de Anti-inflamatórios e Analgésicos estão proibidos nos 10 dias que antecedem a operação.
Principalmente: ASPIRINA, AAS

Respeitar as 08 horas de jejum absoluto antes da operação. Por exemplo se a operaçnao está marcada para 16h00, favor se alimentar até as 08h00.

 

ORIENTAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS ADENOIDECTOMIA:

Essa é uma cirurgia feita através da boca, onde se remove a adenóide, dessa forma desobstruindo as vias respiratórias altas.

Há um folclore em se dizer que há a necessidade de se "descolar a mandíbula" ou que se perderiam as defesas do organismo e as infecções ocorreriam em regiões mais baixas das vias respiratórias. Nada disso é verdade.
Devem-se observar os seguintes cuidados:

  • Dieta livre como a de rotina, sem excesso de calor.
  • Repouso em casa.
  • É comum ocorrer dor no ouvido.
  • Febre baixa e isolada é comum no pós-operatório, se alta ou persistente, comunicar ao seu médico.
  • O tom de voz pode mudar por deixar de ser anasalada.
  • Pode ocorrer ronco ainda nos primeiros dias.
  • Ligar para marcar retorno com seu médico.

Em caso de necessidade entre em contato por telefone com seu médico.

 

Cirurgias Nasais em Geral (septoplastia, Turbinectomia, Polipectomia Nasal, Sinusectomia Endonasal)

ORIENTAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS PARA CIRURGIAS NASAIS EM GERAL (SEPTOPLASTIA, TURBINECTOMIA, POLIPECTOMIA NASAL, SINUSECTOMIA ENDONASAL, ETC):

Lembrar de levar todos os exames de imagem e avaliações pré-operatórias para o Centro Cirúrgico.

Lembrar que as avaliações de risco cirúrgico cardiovascular e pré-anestésico são obrigatórias e precisam ser apresentadas na hora da internação no Hospital.

Favor avisar ao médico assistente caso haja alguma suspeita de que o paciente esteja gripado, neste caso iremos marcar uma nova data para a operação.

Lembrar que o uso de Anti-inflamatórios e Analgésicos estão proibidos nos 10 dias que antecedem a operação.
Principalmente: ASPIRINA, AAS

Respeitar as 08 horas de jejum absoluto antes da operação. Por exemplo se a operaçnao está marcada para 16h00, favor se alimentar até as 08h00.

 

ORIENTAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS PARA CIRURGIAS NASAIS EM GERAL (SEPTOPLASTIA, TURBINECTOMIA, POLIPECTOMIA NASAL, SINUSECTOMIA ENDONASAL, ETC):

Essas cirurgias são feitas através das narinas, não havendo necessidade de incisões externas visíveis. São usadas para se desobstruir o nariz, permitindo que o paciente respire melhor. A equipe do Instituto Brasiliense de Otorrinolaringologia realiza essas cirurgias sem usar tampão nasal na maioria das vezes, dependendo de cada caso.
Devem-se observar os seguintes cuidados:

  • Dieta livre, evitando excesso de calor.
  • Repouso em casa.
  • Evitar roupas e lugares quentes em excesso.
  • Febre baixa e isolada é comum no pós-operatório, se alta ou persistente, comunicar ao seu médico.
  • Tossir ou espirrar só com a boca aberta.
  • Não assoar o nariz.
  • Trocar o curativo externo quando sujo.
  • Ligar para marcar retorno com seu médico.
  • Em caso de necessidade entre em contato por telefone com seu médico.

 

Timpanoplastia e Mastoidectomia

ORIENTAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS TIMPANOPLASTIA E MASTOIDECTOMIA:

Lembrar de levar todos os exames de imagem e avaliações pré-operatórias para o Centro Cirúrgico.

Lembrar que as avaliações de risco cirúrgico cardiovascular e pré-anestésico são obrigatórias e precisam ser apresentadas na hora da internação no Hospital.

Favor avisar ao médico assistente caso haja alguma suspeita de que o paciente esteja gripado, ou de que o ouvido esteja escorrendo ou úmido, neste caso iremos marcar uma nova data para a operação.

Lembrar que o uso de Anti-inflamatórios e Analgésicos estão proibidos nos 10 dias que antecedem a operação.
Principalmente: ASPIRINA, AAS

Respeitar as 08 horas de jejum absoluto antes da operação. Por exemplo se a operaçnao está marcada para 16h00, favor se alimentar até as 08h00.

 

ORIENTAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS TIMPANOPLASTIA E MASTOIDECTOMIA:

Essa cirurgia serve para fechar a perfuração da membrana timpânica e ou remover tecido inflamatório da orelha média e cavidade mastóide, com o intuito de se evitar que o ouvido elimine secreção purulenta quando da reagudização das otites, muito comuns quando se tem infecções respiratórias ou se deixa entrar água no ouvido doente.

Ela pode ser feita por dentro do conduto auditivo externo ou por trás da orelha.
Devem-se observar os seguintes cuidados:

  • Dieta livre.
  • Repouso em casa.
  • O ouvido operado fica entupido nas primeiras semanas.
  • Não molhar o ouvido operado, usar algodão levemente embebido com óleo.
  • Febre baixa e isolada é comum no pós-operatório, se alta ou persistente, comunicar ao seu médico.
  • Dormir sobre o ouvido NÃO OPERADO.
  • Tossir ou espirrar somente com a boca aberta.
  • Pode ocorrer eliminação de secreção com esponjinhas pelo ouvido operado.
  • Ligar para marcar retorno com seu médico.
  • Em caso de necessidade entre em contato por telefone com seu médico.

 

Uvulopalatofaringoplastia

ORIENTAÇÕES PRÉ-OPERATÓRIAS UVULOPALATOFARINGOPLASTIA:

Lembrar de levar todos os exames de imagem e avaliações pré-operatórias para o Centro Cirúrgico.

Lembrar que as avaliações de risco cirúrgico cardiovascular e pré-anestésico são obrigatórias e precisam ser apresentadas na hora da internação no Hospital.

Favor avisar ao médico assistente caso haja alguma suspeita de que o paciente esteja gripado, neste caso iremos marcar uma nova data para a operação.

Lembrar que o uso de Anti-inflamatórios e Analgésicos estão proibidos nos 10 dias que antecedem a operação.
Principalmente: ASPIRINA, AAS

Respeitar as 08 horas de jejum absoluto antes da operação. Por exemplo se a operaçnao está marcada para 16h00, favor se alimentar até as 08h00.

 

ORIENTAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS UVULOPALATOFARINGOPLASTIA:

Essa cirurgia é feita para se tratar o ronco e a apnéia do sono, porém só deve ser realizada em casos muito bem selecionados, para se prevenir o risco da doença voltar alguns meses após a cirurgia.

A cirurgia geralmente é precedida do exame do sono, a polissonografia. Ela é feita através da boca, e ao contrário de mito popular, não há a necessidade de se "descolar a mandíbula".

Muitas vezes é feita em conjunto com a cirurgia nasal para se desobstruir o nariz (septoplastia e turbinectomia).

Devem-se observar os seguintes cuidados:

  • Dieta líqüida e fria por 4 dias, pastosa e fria mais 3 dias.
  • Repouso em casa.
  • Evitar roupas e lugares quentes em excesso.
  • Febre baixa e isolada é comum no pós-operatório, se alta ou persistente, comunicar ao seu médico.
  • Tossir ou espirrar só com a boca aberta (se foi feita a cirurgia nasal em conjunto).
  • Não assoar o nariz (se foi feita a cirurgia nasal em conjunto).
  • É comum dor local com placas amarelas e dor nos ouvidos.
  • Trocar o curativo externo quando sujo (se foi feita a cirurgia nasal em conjunto).
  • Ligar para marcar retorno com seu médico.
  • Em caso de necessidade entre em contato por telefone com seu médico.

 

Orientações aos Pacientes que Realizarão Polissonografia

Caro (a) paciente,

Em breve você realizará o exame de polissonografia que visa a avaliar o seu sono. O exame não é invasivo, isto é, não haverá punções, injeções ou qualquer procedimento que machuque seu corpo.
Trata-se de uma noite de sono como outra qualquer, só que com a monitorização de alguns parâmetros.

Para não prejudicar a qualidade do exame, pedimos:
No dia do exame, não faça uso de estimulantes como: café, bebidas de cola (refrigerantes de cor preta), guaraná, chá preto, chá mate, chá verde, chocolate e cafeinados em geral.
No dia do exame tente não fazer uso de álcool ou fumo próximo ao horário de dormir.
Evite cochilar no dia do exame.
Favor lavar a cabeça com xampu neutro. Não use maquiagem, gel ou produtos que deixem resíduo na face ou cabelo. Para quem não usa barba, favor barbear-se.
Procure fazer uma refeição leve à noite, até as 20 h.
Se estiver fazendo uso de qualquer medicamento, NÃO interrompa.
Para seu conforto, você contará com:
Uma vaga de garagem para guardar seu carro.
Lanche após o término do exame, composto de suco de laranja ou café com leite e sanduíche de pão com queijo e presunto, além de uma fruta.
Fornecimento de toalha e roupa de cama. Caso você deseje, poderá trazer seu travesseiro, embora nossos quartos sejam completos.
Estrutura para portadores de necessidades especiais.

Como informações operacionais, citamos:

Acompanhantes são permitidos nos casos de pacientes com idade menor que 18 anos, a partir de 62 anos ou portadores de necessidades especiais. Nesses casos haverá local para ficar.

Você deverá trazer: pijama e produtos de uso pessoal (ex. escova de dente, fio dental, creme dental, pente, etc.)

Para quem fará uso de convênio médico, deverá deixar a solicitação do exame juntamente com a autorização do seu convênio, com 24 h de antecedência, na recepção do Instituto Brasiliense de Otorrinolaringologia

Pedimos a gentileza de chegar ao Instituto Brasiliense de Otorrinolaringologia no dia do exame às 20:30 h.

Prezado (a), paciente,
Dedicaremos todo nosso esforço para que sua noite no Instituto Brasiliense de Otorrinolaringologia seja a mais confortável possível. Estamos à sua disposição para qualquer esclarecimento. Caso deseje, ligue-nos em horário comercial nos telefones acima.

 

Otoneurológico - VENG

ORIENTAÇÕES AOS PACIENTES QUE REALIZARÃO EXAME OTONEUROLÓGICO - VENG:

  1. Durante o período de 48 horas (dois dias) antes do exame,
    não tome remédio para tontura, alergia ou calmante.
    Não interrompa qualquer tratamento sem orientação médica,
    principalmente remédio para pressão e coração.
     
  2. Suspender 24 horas (um dia) antes do exame: cigarro, café,
    chá mate, chá preto, chá verde, cafeinados em geral, chocolate
    e refrigerantes.
     
  3. No dia do exame:

    - Fazer uma refeição leve até 3 horas antes (não vir em jejum).
    - Não usar bebidas alcoólicas.
    - Não usar lentes de contato.
    - Para as mulheres: não usar maquiagem (pó facial, base) ou creme.

O exame poderá não ser possível de se realizar caso não se sigam corretamente as orientações.

 

 

 

 

 

Instituto Brasileiro de Otorrinolaringologia

Todos os direitos reservados 2012 © Instituto Brasiliense de Otorrinolaringologia
SMHN Quadra 02 Bloco C Edifício Dr. Crispim Salas 515 a 517, ASA NORTE, Brasília, DF, Brasil. CEP 70710-149

GN1